junho 12, 2024
China Uncategorized Viagem de Negócios

BYD planeja investimento bilionário no Brasil para expandir mercado de veículos elétricos

Em um encontro com o ex-presidente Lula, Wang Chuanfu, CEO da fabricante chinesa de automóveis elétricos BYD, comprometeu-se a investir R$ 10 bilhões no Brasil nos próximos três anos. A empresa pretende verticalizar a produção de veículos elétricos, incluindo a mineração de lítio para a fabricação de baterias. A reunião também abordou a possibilidade de desapropriar a fábrica da Ford em Camaçari, Bahia, por interesse público, para vendê-la à BYD.

Incentivado pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o governo baiano analisará a viabilidade dessa proposta. Chuanfu também solicitou a criação de políticas governamentais para estimular a transição para a mobilidade elétrica no país. A BYD busca um projeto avançado de mineração de lítio, visando construir uma planta para produzir lítio de grau bateria.

Esse investimento bilionário é dez vezes maior do que a BYD já aplicou no Brasil desde sua chegada em 2013. A empresa pretende incluir uma fábrica de chassis de ônibus no investimento, cuja localização é reivindicada pelo governador do Pará, Helder Barbalho, que tem trabalhado para sediar a COP 2025. Ele deseja apresentar uma frota de ônibus eletrificados em Belém durante a conferência.

A BYD planeja manter suas instalações existentes de montagem de baterias em Manaus e a fábrica de ônibus elétricos em Campinas, interior de São Paulo. A empresa, que também fabrica painéis solares em Campinas, avalia a possibilidade de entrar no mercado de extração de silício no Brasil. Para isso, solicita o restabelecimento da tarifa de importação de painéis solares, que foi eliminada durante o governo Bolsonaro, tornando a BYD menos competitiva em relação aos concorrentes de seu país de origem.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *