junho 12, 2024
Panamá Viagem de Negócios

Comitiva da ZPE Ceará visita Zonas Francas do Panamá – Imersão de negocios Panama

A fim de aprimorar laços estratégicos com participantes globais e obter mais informações sobre a implementação do sistema de Zonas Francas na América Latina, uma delegação da ZPE Ceará, composta pelo presidente Eduardo Neves, a diretora de operações, Andréa Freitas, e a consultora da Presidência, Tais Cunha, realizou visitas a vários projetos no Panamá nesta semana. Este país é um marco global em logística e tem se dedicado cada vez mais à aplicação das Zonas Francas.

Acesse agora para mais informações: 4ª Missão de Negócios no Panamá (missaodenegociosnopanama.com)

Na segunda-feira (26), os executivos tiveram uma reunião na Cidade do Panamá com Ámbar Ruiz Chaperón, diretora-geral de Zonas Francas do Ministério de Comércio e Indústrias do Panamá. Naquela ocasião, apresentaram a estrutura da ZPE Ceará e aprenderam sobre a abordagem panamenha para impulsionar o sistema de ZFs no país, que atualmente tem 14 Zonas Francas operacionais e mais 12 em fase de instalação. Aelleen Velarde, consultora da diretoria geral do Ministério, e Aris Mosquera, advogado do Departamento de Tramitação e Documentação, também participaram do encontro.

“O Panamá é um eixo logístico que liga o Atlântico ao Pacífico, seja pelo Canal, seja pelo transporte ferroviário e aéreo, que está ligado a vários países ao redor do mundo. O propósito da nossa visita institucional é compreender melhor a implementação do sistema de Zonas Francas nesse contexto e entender a dinâmica desses negócios no Panamá, que tem tido excelentes resultados com centenas de empresas já estabelecidas em ZFs. A intenção é transportar esse modelo de sucesso para o Brasil e impulsionar nosso sistema de ZPEs”, ressalta Eduardo Neves, presidente da ZPE Ceará.

Também na segunda-feira, a equipe cearense visitou o Panamá Pacifico, uma zona econômica especial que engloba uma área residencial, industrial, aeroporto e ainda um espaço de comércio e serviços, incluindo um dos seis Centros Humanitários das Nações Unidas existentes no mundo.

Acesse agora para mais informações: 4ª Missão de Negócios no Panamá (missaodenegociosnopanama.com)

Variedade de negócios é um diferencial Na terça-feira (27), a equipe da ZPE Ceará visitou a Panapark Free Zone, a maior Zona Franca privada do Panamá, que abriga várias empresas, principalmente indústrias de beneficiamento. Totalmente estrangeira em termos de capital, a empresa também possui uma área residencial, mas foca na captação de investimentos industriais, aproveitando as facilidades logísticas proporcionadas pelo Canal do Panamá e outros modos de transporte.

“O que se destaca é a variedade de zonas francas que eles têm aqui no Panamá, cada uma com um nicho de negócio distinto. A legislação é bastante clara e, combinada com o apoio governamental ao sistema no país, permite que os projetos sejam aprovados com bastante agilidade, geralmente em um período médio de 45 dias. Sem dúvida, é um modelo bem-sucedido no qual podemos nos basear para ampliar ainda mais o sistema de ZPEs no Brasil”, observa Andréa Freitas, diretora de operações da ZPE Ceará.

A missão cearense no Panamá foi concluída com uma visita ao Porto de Balboa, localizado no Oceano Pacífico e parte do grupo chinês Hutchison Ports, que também administra o Porto de Cristobal, no Oceano Atlântico. Além das atividades portuárias, o local possui uma Zona de Atividades Logísticas, com áreas para beneficiamento de mercadorias. O objetivo da administração do local é instalar uma Zona Franca no futuro, mas, por enquanto, continua operando com depósitos aduaneiros logísticos, proporcionando benefícios como a redução de custos de transporte, de tempo e flexibilidade.

 

Acesse agora para mais informações: 4ª Missão de Negócios no Panamá (missaodenegociosnopanama.com)

Referência da materia acima:
Comitiva da ZPE Ceará visita Zonas Francas do Panamá – Governo do Estado do Ceará (ceara.gov.br)

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *